Inglês NÃO é drive-thru!

EU PRECISO APRENDER INGLÊS URGENTE!

Constantemente, eu recebo a frase acima como pedido para aprender inglês rapidamente.

Infelizmente, há pessoas que acham que aprender #inglês é igual a DRIVE-THRU.

Porém, existem coisas envolvidas no aprendizado de idiomas que MUITAS pessoas NÃO FALAM.

Eu quero falar de algumas delas, as quais eu acredito que são as que mais afetam o aprendizado da língua inglês, ou melhor, de qualquer idioma.

1) QUESTÕES PSICOEMOCIONAIS

Muitas pessoas têm medo, vergonha, ansiedade e outras emoções que podem afetar muito o aprendizado de idiomas. Nem todo professor está apto a ajudar nesse quesito, mas pode orientá-lo a procurar ajuda profissional (psicólogo ou psicanalista) e NÃO TEM NADA DE ERRADO NISSO!

2) QUESTÕES COGNITIVAS

Déficit de atenção, dislexia, dificuldades de pronúncia e outros problemas cognitivos também podem afetar profundamente o aprendizado e aqui o conselho é o mesmo do anterior. Procure um profissional adequado (fonoaudiólogo ou psicopedagogo) e NÃO TEM NADA DE ERRADO NISSO.

3) INTELIGÊNCIA LINGUÍSTICA

Segundo Howard Gardner, todos nós temos múltiplas inteligências (espacial, musical, cinestésica, interpessoal, intrapessoal, lógico-matemática, naturalista, existencialista e linguística) e, quando a pessoa não apresenta uma inteligência linguística aguçada, também afetará o processo de aprendizado do idioma. Por isso, existem pessoas que têm facilidades com certas coisas e outras não. TAMBÉM NÃO TEM NADA DE ERRADO NISSO. Só precisará de mais tempo de estudo.

4) OBRIGATORIEDADE

Quem estuda inglês por obrigação, seja por causa do trabalho ou da escola, não se dedica propriamente e, em muitos casos, nem gosta do idioma, o que também atrasa seu aprendizado.

5) FALTA DE TEMPO PARA ESTUDAR

Aprender inglês (ou outro idioma) não é somente na sala de aula. É necessário REVER CONTEÚDO, fazer a lição de casa, manter contato com o idioma etc. fora da sala de aula, ou seja, naqueles dias em que você não tem aula com seu professor particular ou na escola de idiomas.

Segundo o COMMON EUROPEAN FRAMEWORK OF REFERENCE (CERF) para você atingir o nível avançado, você precisa de 800 horas de estudos.

Se você tem apenas 2 aulas por semana, faça as contas! Se você estudar 1 hora por dia, de domingo a domingo, incluindo feriados e período de férias, sem interrupção, você precisará de 2 anos de estudos para completar as 800 horas. Se estudar apenas 2 aulas por semana, sem estudar sozinho, sem rever conteúdo, sem fazer lição de casa e sem manter contato com o idioma, você já tem uma noção de quanto tempo levará para aprender inglês.

Só que veja bem: se você tiver problemas com os itens 1, 2, 3 ou 4, acima citados, vai demorar ainda mais.

Outro detalhe: se estiver estudando de forma errada nas horas vagas, também.

Há quem acredite que só fazer exercícios de gramática é estudar. 🤷

Por isso é importante seguir as instruções do seu professor. É ele quem sabe o que funciona para você, nem que para isso você tenha de fazer algumas coisas difíceis ou desagradáveis no decorrer do seu processo de aprendizagem.

Tem gente que leva a vida toda para conseguir a fluência no idioma.

6) AUTOSSABOTAGEM

Infelizmente, isso é outra coisa que acontece com muita frequência. A pessoa inicia as aulas de inglês com muito entusiasmo, mas com o tempo, percebe que a fluência vai demorar um pouco para acontecer e aí ela começa a assumir outros compromissos, sabotando seu aprendizado do idioma. Ela inicia um curso de pós-graduação, começa uma reforma em casa, assume um projeto novo no trabalho, entra para um trabalho voluntário etc.

Não estou dizendo que você não possa ter outros compromissos, claro que pode. Apenas PRECISA TER EM MENTE que para aprender outro idioma é NECESSÁRIO TER MUITA DEDICAÇÃO. E quando você assume compromissos demais, vai começar a negligenciar seus estudos da língua inglesa, podendo até trancar a matrícula ou o contrato (em muitos casos, várias vezes e várias vezes).

Contudo, quero deixar claro que a AUTOSSABOTAGEM acontece de forma INCONSCIENTE. A pessoa não percebe que está se sabotando, arrumando outros compromissos para a semana e, depois de um tempo, ela se dá conta de que tem coisa de mais para fazer e de duas, uma: a fluência demora para chegar ou a pessoa desiste de estudar, cancelando suas aulas.

7) COLOCAR EXPECTATIVAS DEMAIS NO APRENDIZADO

Como você já deve ter percebido, aprender inglês é um PROCESSO. Não tem receita pronta, é um passo de cada vez, uma aula de cada vez, uma lição de casa cada vez. É como montar um quebra-cabeças, até encaixar todas as peças, você tenta e erra várias vezes, mas consegue completar o jogo se tiver paciência e dedicação. Sim, haverá momentos de frustração, momentos de alegria, momentos de revisão… não é um processo linear, então se você coloca muitas expectativas no seu processo de aprendizagem, vai atrasar ainda mais…

Eu sempre gosto de dizer aos meus alunos que é necessário se DIVERTIR com suas aulas, porque você vai passar muito tempo estudando com o professor ou na escola, se você não se divertir com isso, será muito cansativo e chato e, claro, os resultados não serão obtidos. Ou você desistirá mais uma vez…

8) NÃO TER OBJETIVO

Como já diz o ditado: se não sabemos para onde queremos ir, qualquer caminho serve. É necessário ter um objetivo para aprender inglês. É para conseguir um emprego melhor? Para ser promovido? Para estudar fora? Para ler livros em inglês? Para viajar? Quando temos um objetivo, fica mais fácil manter o foco e a motivação nos estudos além, claro, de ter um norte para chegar a ele.

Eu tenho um aluno que decidiu que quer aprender inglês para trabalhar numa empresa X. Ele sabe que vai demorar um tempo para ser fluente, mas o foco dele está na EMPRESA que ele quer trabalhar, então em pouco tempo de estudos que está fazendo comigo, seu inglês está ótimo! Eu chego a me emocionar ao falar dele. Ele não arreda o pé e segue seu aprendizado à risca.

Então, antes de iniciar suas aulas de inglês, ou de outro idioma, você deve se fazer as seguintes perguntas:

  • Eu realmente quero aprender inglês?
  • Eu estou disposto a me dedicar nos dias em que não tenho aula com o professor?
  • Eu estou disposto a estudar o tempo que for necessário para atingir a fluência?
  • Eu tenho um objetivo real para aprender inglês?

Se você respondeu NÃO a uma delas, é melhor rever sua vontade de aprender inglês.

Pois para aprender qualquer coisa na vida precisa ter COMPROMETIMENTO, e não força de vontade.

INGLÊS NÃO É PIZZA.

Nem promoção leve 3 pague 2.

É necessário averiguar os pontos acima mencionados e você precisa de TEMPO para se dedicar e estudar BASTANTE!

FAZER SÓ AULAS, esperando que o resultado seja rápido, é a mesma coisa que ter a receita do nutricionista em mãos, mas seguir a dieta uma ou duas vezes por semana, acreditando que irá emagrecer rapidamente.

Aliás, até para emagrecer leva-se tempo.

Tânia Carmonario

Lei de direitos autorais: artigo 184 do código penal DECRETO 2848/40

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close